domingo, 18 de maio de 2014

As bolsas de antigamente ou Retículos

   Uma retículo era uma tipo de bolsa pequena que poderia ser pendurada no punho para ser usada da mesma maneira que uma bolsa de noite é utilizada hoje. Isto também poderia ser chamada de algo indispensável. A bolsa se ​​tornou um acessório indispensável, porque a linha da recente moda das cinturas altas dos vestidos Império seria interrompida por algum objeto guardado num bolso. Em dezembro de 1801, Katherine Wilmot, uma mulher irlandesa em Grand Tour visitando Paris, descreveu como retículos como uma "pequena bolsa de ferramentas."
 A bolsa podia ser de malha, feito de pano rico com uma corrente de ouro e com um fecho, ou derivados de determinados itens como as conchas. Retículas de malhas e cobertas de telas eram consideradas passatempos adequados para as jovens. A termo bolsa durante a Regência só seria usado para descrever uma bolsa de couro bastante pequena para o transporte de dinheiros como em uma bolsa de trocado (moedeiro) hoje. 
  A bolsa podia conter um lenço de linho fino, um estojo de cartão de visitas cheio de cartões de ladies, uma pequena bolsa para gorjetas, um vinagrete(sais), selo de Senhora, um bloco e um lápis em uma pequena caixa, e uma lata de balas de menta. Cada bolsa, provavelmente, abrigava uma bolsa pequena de veludo para evitar arranhões. Abaixo duas figuras de Ackermann  mostram damas em vestidos de passeios com suas retículas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por tirar um tempinho para passar aqui!

Suzanne Forster: Shameless

Shameless - Suzanne Forster Personagens: Luc Warnecke  /Jessie Flood 💚: 4 /5 stars Eu amei como a escritora Suzanne Forster ...