domingo, 18 de maio de 2014

Os sais para uma dama em apuros!

"Meu Deus, que delirante criança, Horatia!, O que-o que você tem feito?" Lady Winwood afundou sobre as suas almofadas com os olhos fechados ... “O sal, o vinagrete, e alguma água da Hungria aplicada nas têmporas  restaura a vida uma dama  aflita “.    Citação de O Casamento Conveniente por Georgette Heyer.


O vinagrete era uma pequena caixa fortemente vedada com uma segunda tampa furada dentro contendo um pouco de gaze embebida em vinagre, água de lavanda ou outro aroma. Os conteúdos cheirosos eram feitos para reanimar alguém com sensação de desmaio ou para dar alívio para odores desagradáveis. Podia ser mantido dentro de uma bolsa ou ser equipado com um laço e pendurado sobre pulso do usuário ou de uma castelã. Vinagreteiros eram feitos por ourives especializados em caixas, portanto estes geralmente também faziam caixas ornamentadas. Havia ferreiros em Londres que faziam este tipo de trabalho, mas a maioria das caixas eram feitas em Birmingham.
fonte:http://www.georgianindex.net/Reticule/Chatelaine.html#TOP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por tirar um tempinho para passar aqui!

Suzanne Forster: Shameless

Shameless - Suzanne Forster Personagens: Luc Warnecke  /Jessie Flood 💚: 4 /5 stars Eu amei como a escritora Suzanne Forster ...